domingo, 21 de novembro de 2010

Penso na minha decepção e me lembro, bucólica, de como eu era mais nobre antes, mais humilde.
o tempo me germinou orgulho para combater a ingenuidade insegura.
agora, preciso aprender a percorrer o círculo vicioso, que é prele virar virtude.

pena é que, até lá, já estou num caminho pouco virtuoso: velhice é idealizar a juventude.

Um comentário:

Eliza Moreno disse...

''velhice é idealizar a juventude''!!!!
Não há remédio nem prevenção.